Etiquetas

, , , ,

  • Três órgãos são oficializados no Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN)
  • Reunião do Conselho Consultivo aprovou o ingresso da Anac, ANTT e Infraero no Sistema. Ministro do GSI tomou posse como novo presidente do conselho 
a ABIN Fotos  -

Diretor-geral da ABIN e ministro do GSI na reunião do Consisbin

BC, SC / Brasília DF, Brasil.- A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Infraero tiveram suas candidaturas aprovadas pelo Conselho Consultivo e são novos integrantes do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Com o ingresso dos novos membros, o SISBIN passa a contar com 37 órgãos.

Segundo o que foi informado pela Agência Brasileira de Inteligencia, nas últimas hora, a reunião do Conselho Consultivo do SISBIN (Consisbin), realizada na última quinta-feira – 9 de junho –, também marcou a posse de novos conselheiros e do seu novo presidente, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen. O diretor-geral da ABIN, Of. Int Wilson Roberto Trezza, é um dos conselheiros e esteve presente no evento.

a ABIN Fotos -

Conselho do SISBIN oficializou ingressos dos três novos órgãos

Conselho

O Consisbin tem entre suas competências elaborar pareceres sobre a execução da Política Nacional de Inteligência (PNI), deliberar sobre o ingresso de novos integrantes e propor grupos de trabalho para estudar problemas específicos de competência do Sistema.

a ABIN Fotos

Evolução do SISBIN desde sua criação

São conselheiros do Consisbin o ministro-chefe do GSI (presidente), o diretor-geral da ABIN (substituto do presidente em seus impedimentos) e representantes de órgãos dos ministérios da Justiça, da Defesa, da Fazenda e das Relações Exteriores. O Conselho tem até três reuniões ordinárias por ano.

Terrorismo

Além da deliberação sobre novos integrantes, também constou na pauta da reunião do Consisbin a prevenção ao terrorismo.

Foram apresentados aos conselheiros os resultados do Grupo de Trabalho Terrorismo (GT Terrorismo), composto por ABIN, Ministério da Justiça e Ministério da Defesa. Entre os principais resultados do GT está a criação do Comitê Integrado de Enfrentamento ao Terrorismo (CIET), estrutura que reunirá as capacidades de prevenção e reação do país frente às ameaças terroristas nos Jogos Olímpicos.