Etiquetas

, ,

Secretário admite que repasses ao Plano Safra foram quitados até o fim de 2015

A Agência Brasil  --

Brasília – O secretário adjunto do Tesouro, Otávio Ladeira, fala na Comissão do Impeachment do SenadoFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

BC, SC, Brasil.- Em depoimento na Comissão Especial do Impeachment do Senado, na madrugada de hoje (9), o secretário adjunto do Tesouro Nacional, Otávio Ladeira de Medeiros, disse que os atrasos do governo federal nos repasses para subsidiar os empréstimos do Plano Safra foram regularizados até o fim de 2015. Ele confirmou assim o que havia sido dito antes pelo coordenador-geral de Operações de Crédito do Tesouro Nacional, Adriano Pereira de Paula, que também foi ouvido pela comissão nessa quarta-feira.

Os dois – Otávio Ladeira de Medeiros e Adriano Pereira de Paula – foram inquiridos pela Comissão Especial do Impeachment como testemunhas. A sessão começou na manhã de ontem e foi até a madrugada de hoje.

“Os fluxos do Plano Safra foram regularizados o mais rápido possível. Ao longo de 2015 foram feitos os pagamentos referente àquele ano. Quanto ao estoque da dívida, esperou-se a decisão do Tribunal de Contas da União para que pudéssemos fazer o pagamento”, afirmou Ladeira.

O depoimento da terceira testemunha – Rogério Jesus Alves Oliveira – foi cancelado, porque ele está em viagem ao exterior. A reunião da comissão prevista para a manhã de hoje foi cancelada. O próximo encontro será segunda-feira (13), às 16h.

Cabe assinalar que a informação foi facilitada pela Agência Brasil (EBC).