Etiquetas

Foto PF Brasil

Foto PF Brasil

BC, SC, Brasil.- A Polícia Federal deflagrou 1 de dicembro a Operação Golden Boy, para repressão de crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro, em São Paulo. Investigações iniciadas em 2015 constataram a existência de inúmeras irregularidades em contratos de financiamentos agrícolas realizados através de agência do Banco do Brasil. Estima-se que a organização já movimentou mais de R$ 35 milhões em contratos fraudados.

Policiais federais dão cumprimento a cinco mandados de prisão e oito mandados de busca e apreensão, na região de Franca e Guará, SP.

Durante a investigação, a Polícia Federal identificou os integrantes da organização criminosa composta por gerentes, engenheiro ambiental e outros indivíduos não ligados diretamente ao banco cuja função era aliciar “laranjas”.

Segundo nota da PF, a fraude consistia no uso do nome de terceiros para abrir contas e, com base em laudos técnicos e cartas de anuência falsas, liberar um montante aproximado de meio milhão de reais a título de financiamentos agrícolas e empréstimos. Para dificultar ou impossibilitar o rastreamento do dinheiro, os envolvidos usavam um procedimento de saque e depósito, sem transferência direta entre contas.

Os investigados responderão, de acordo com suas respectivas condutas, por integração de organização criminosa, crimes contra o Sistema Financeiro Nacional, estelionato e lavagem de dinheiro, cujas penas somadas podem chegar a noventa e oito anos de prisão.