Etiquetas

, ,

De acordo com a PF, o foco dessa nova fase da Lava Jato é o cumprimento de medidas cautelares contra um operador, identificado após a 17ª fase  Arquivo/Agência Brasil

Foto Arquivo/Agência Brasil

BC, SC, Brasil.- A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (28) a Operação Mendaz para combater uma organização criminosa responsável por lavagem de dinheiro e evasão de divisas no estado de São Paulo. A estimativa da corporação é que, nos últimos cinco anos, o grupo tenha movimentado um total de R$ 50 milhões.

De acordo com comunicado da PF, foram cumpridos 18 mandados judiciais de busca e apreensão nas cidades de São Paulo e Indaiatuba.

Ainda segundo a nota, o grupo, formado exclusivamente por estrangeiros, trabalhava com o envio de remessas ao exterior. Para isso, utilizavam empresas fantasmas que formalmente exerceriam atividades diversas, desde o ramo de confecções até a compra e venda de materiais.

“Durante as investigações, foi possível comprovar a utilização de documentos de pessoas físicas e jurídicas falsos e que foram apresentados junto a órgão público federal para a prática criminosa”, informou a corporação.

Até o momento ninguém foi preso. Os integrantes da quadrilha vão responder por uso de documento falso perante órgão federal, lavagem de capitais, evasão de divisas, estelionato e associação criminosa.

A informação foi facilitada pela Agência Brasil (EBC) no dia 28 de agosto.