Etiquetas

, , , , ,

Brian 0

Ação para promover produção têxtil mais sustentável

A parceria visa a criar uma referência para a indústria de vestuário no mundo. Na foto, uma costureira trabalha no Camboja. Foto: Banco Mundial/Chhor Sokunthea

A parceria visa a criar uma referência para a indústria de vestuário no mundo. Na foto, uma costureira trabalha no Camboja. Foto: Banco Mundial/Chhor Sokunthea

Rio de Janeiro.- A Organização Internacional do Trabalho (OITanunciou nesta segunda-feira (15) uma parceria inédita com a H&M, marca sueca com enorme presença no varejo internacional. O acordo promove cadeias de produção global mais sustentáveis na indústria têxtil, através de salários mais justos, treinamentos e desenvolvimento de habilidades para os trabalhadores.

Cabe assinalar que a informação foi divulgada, em idioma português, no dia 16 de setembro.

A nova parceira promoverá uma variedade de atividades de desenvolvimento de habilidades e técnicas em níveis corporativos local, nacional e global em diversos países até o final de 2018, seguindo um modelo previamente estabelecido pela OIT e HG&M em Bangladesh, em 2013.

O programa tem o objetivo de melhorar a igualdade de trabalho e produtividade nas fábricas e permitir que os trabalhadores tenham suas habilidades reconhecidas.

Através deste acordo, a OIT espera estabelecer um modelo positivo e inovador para outras marcas e criar uma aliança global para a promoção da Agenda de Trabalho Decente na cadeia de produção da indústria global de vestuário.

Americanas a