Etiquetas

, , ,

Affordable 1Unicef afirma também que mais de 2,5 mil menores ficaram feridos; crianças são testemunhas de “alto nível de violência sem precedentes”; 370 mil precisam de tratamento psicológico.

Foto ONU Radio

Foto ONU Radio

Nova York.- Pelo menos 392 crianças palestinas foram mortas e mais de 2,5 mil ficaram feridas em Gaza, como resultado dos combates com as forças israelenses. Os números são do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef e foram apresentados esta terça-feira.

Segundo nora divulgada no dia 5 de agosto pela ONU Radio, com edição de Leda Letra, desde Nova York, a chefe do escritório do Unicef em Gaza, Pernille Ironside, afirmou também que pelo menos 370 mil crianças palestinas tiveram alguma experiência traumática nas últimas semanas e precisam de apoio psicológico imediato.

Perfil

De Gaza, Ironside fez as declarações por telefone a jornalistas reunidos na sede das Nações Unidas em Genebra.

Segundo a representante do Unicef, quase 70% das crianças mortas tinham menos de 12 anos e a vítima mais nova era um bebê de um mês. Ironside lamenta que os menores em Gaza estejam testemunhando “altos níveis de violência sem precedentes”.

Riscos

O Unicef afirma que os abrigos da ONU para deslocados palestinos já estão superlotados e o risco de doenças é grande, devido à falta de saneamento adequado.

Pernille Ironside diz que as agências das Nações Unidas e a comunidade humanitária já estão trabalhando no limite. Ela citou a falta de água e de eletricidade como alguns dos desafios.

Herbspro 0