Etiquetas

, ,

Dilma Rousseff e Ban Ki-moon durante a Rio+20. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Dilma Rousseff e Ban Ki-moon durante a Rio+20. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Rio de Janeiro.- Na quinta-feira, dia 12 de junho de 2014, chega a São Paulo o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. A convite do Governo do Brasil, o secretário-geral virá ao Brasil para participar do jogo de abertura da Copa do Mundo 2014.

Cabe dizer que a informação foi fornecida pela ONU Brasil, na segunda-feira 9 de junho.

Em sua quinta visita oficial ao País, ele terá também um encontro com a Presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, com quem discutirá assuntos da agenda internacional. Logo após o final do jogo, Ban Ki-moon – que estará no Brasil acompanhado de sua esposa, a Sra. Ban Soon-taek – partirá para a Bolívia, onde participa da reunião de cúpula do G-77, que comemora seu 50º aniversário.

Em sua primeira visita ao Brasil, em novembro de 2007, o secretário-geral esteve em uma usina de álcool na cidade de Jaboticabal no Estado de São Paulo e visitou a floresta amazônica. Na segunda vez que esteve no País, em 2010, o secretário-geral participou do III Fórum da Aliança de Civilizações das Nações Unidas; visitou a comunidade Babilônia/Chapéu Mangueira; e prestou uma homenagem aos militares brasileiros que perderam suas vidas no Haiti. Em sua terceira visita, em 2011, Ban esteve em Brasília, onde teve encontros com diversas autoridades governamentais. Em 2012, ele voltou ao Brasil, onde esteve no Rio de Janeiro para participar da Rio+20.

Em todas as ocasiões, Ban teve a oportunidade de se encontrar com os presidentes do País, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.