Etiquetas

, , , ,

Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. Foto: ONU/Rick Bajornas.

Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. Foto: ONU/Rick Bajornas.

Rio de Janeiro.- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou sua solidariedade com o povo da Turquia após a tragédia em uma mina de carvão em Soma, na região oeste da Turquia, e disse esperar que sejam tomadas medidas para evitar tais catástrofes no futuro.

Em um comunicado emitido nesta quinta-feira (15) à noite pelo seu porta-voz, Ban Ki-moon disse que “está junto ao povo da Turquia em seu luto por pais, filhos e irmãos perdidos, e enquanto cuidam dos feridos”. O secretário-geral compartilhou a esperança de que “as causas sejam investigadas rapidamente”.

No início desta semana, o diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, já havia oferecido suas condolências na sequência da tragédia.

Cerca de 300 pessoas morreram e muitas outras estão desaparecidas ou gravemente feridas após a explosão, na terça-feira (13).

O resgate continua, de acordo com relatos da imprensa, com funcionários turcos classificando o incidente como um dos piores desastres da História do país.

Cabe assinalar que a informação foi traduzida em idioma português e divulgada no dia 16 de maio pela ONU Brasil.