Etiquetas

, , ,

Plantação de papoulas para produzir ópio. Foto: ONU/NJ

Plantação de papoulas para produzir ópio. Foto: ONU/NJ

Rio de Janeiro, Brasil.- A situação atual do mundo em relação ao uso e ao tráfico de drogas será abordada em uma série de reuniões e eventos a partir desta quinta-feira, 13 de março, na sede das Nações Unidas em Viena, na Áustria. Os Estados-membros abrirão as discussões com a Revisão de Alto Nível  da Declaração Política e do Plano de Ação de 2009, que se centrará sobre a redução da oferta e da demanda de drogas, juntamente com os aspectos financeiros e judiciais cruciais para lidar com esta questão.

A 57ª Sessão da Comissão de Narcóticos (CND) acontece entre os dias 13 e 14 de março, e além da agenda oficial há um extenso programa de reuniões e eventos paralelos,   incluindo painéis de discussão sobre novas substâncias psicoativas, reduções no consumo de drogas e no tráfico, entre outros. Entre os ​​convidados encontram-se a Rainha Silvia da Suécia, o Vice-Secretário-Geral da ONU, Jan Eliasson, e o Diretor Executivo do UNAIDS, Michel Sidibe.

Estima-se que a heroína, a cocaína e outras drogas matem mais de 200 mil pessoas anualmente. A reunião de alto nível se concentrará na análise da aplicação do plano de ação em todo o mundo, o que representa um marco importante na preparação para a Sessão Especial da Assembleia Geral da ONU sobre o problema mundial das drogas em 2016.

Cabe assinalar que a informação foi traduzida em idioma português e divulgada pela ONU Brasil no dia 12 de março.