Zero Corrupção – 100% Desenvolvimento”

C8 Foto UNODC Brasil e Cone SulCidade do Panamá, 27 de novembro de 2013 – Uma nova campanha global para marcar o Dia Internacional contra a Corrupção, 9 de dezembro, começou ontem no Panamá sob o tema “Zero Corrupção – 100% Desenvolvimento”. A campanha de mobilização para 2013 foi anunciada pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e pelo Programa das Nações Unidas de Desenvolvimento (PNUD), os dois principais órgãos da ONU que lideram campanhas globais de conscientização contra a corrupção desde 2009.

Cabe dizer que a informação foi traduzida e divulgada nas últimas horas pela UNODC Brasil e Cone Sul.

Este ano, as agências organizaram uma competição para jovens criarem uma campanha de conscientização sobre os efeitos corrosivos da corrupção sobre o desenvolvimento, reconhecendo o papel fundamental dos jovens de hoje de conduzir uma agenda para um futuro construído sobre bases sólidas e honestas. Entre as centenas de propostas recebidas de todos os cantos do mundo, o vencedor da competição foi um estudante de Ruanda chamado Loic Christian Muhunde, de 24 anos, cuja mensagem, simples mas universal, reforça a idéia de que o desenvolvimento só pode prosperar quando a sociedade combater as causas fundamentais da corrupção. Loic também usa seu tempo para ajudar jovens através de educação cívica, iniciativas baseadas comunitárias e esportes.

O lançamento ocorreu durante a 5ª Conferência dos Estados Partes da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, onde mais de 168 Estado Parte estão reunidos esta semana para revisar a implementação da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção (UNCAC).

O Diretor Executivo do UNODC, Yury Fedotov, destacou que é necessário que todos levantem suas vozes contra a corrupção para obter o verdadeiro sucesso. “Precisamos de uma sólida e forte coalizão de governos, comunidade empresarial, sociedade civil, academia e mídia para resistir à corrupção e construir uma cultura de prevenção e integridade”.

O chefe da delegação do PNUD no Panamá, Patrick Keuleers, Diretor do Grupo de Governança Democrática, acrescentou: “Esta campanha, que atingiu milhões de pessoas nos últimos três anos, coloca um rosto humano sobre o custo da corrupção. Se apenas 10% do dinheiro perdido com a corrupção fosse canalizado de volta para o desenvolvimento, seria suficiente para atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) até os prazos de 2015”.

A campanha tem como objetivo reunir pessoas de todas as esferas da sociedade na luta contra a corrupção, servindo como uma chamada global para ação contra a corrupção e conscientização sobre a UNCAC. Tomar de volta o que é perdido para os líderes corruptos é responsabilidade de todos – o Dia Internacional é observado em todo o mundo por governos e sociedade civil, setor privado, mídia e pelo público em geral.

Informação relacionada

Site da campanha, em inglês

Documentos relacionados à Quinta Conferência de Estados Parte da Convenções das Nações Unidas contra a Corrupção(em inglês)