C8  Foto ONU Brasil telecom-world-sliderRio de Janeiro, Brasil.-Terminou na sexta-feira (22) em Bangcoc, na Tailândia, a Telecom Mundial 2013, reunião organizada pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), que discutiu questões-chave relacionadas à transformação do setor de Tecnologias da Informação e da Comunicação.

Cabe assinalar que a informação foi traduzida, em idioma português, e divulgada no dia 222 de novembro pela ONU Brasil.

O foco da reunião desse ano foi a necessidade do trabalho em conjunto para ampliar a segurança cibernética. Através de painéis de discussões, a UIT e seus parceiros apresentaram novas possibilidades de melhorar a privacidade online, principalmente dos países em desenvolvimento. Uma das alternativas compartilhadas foi o Índice de Segurança Cibernética Global, lançado pela UIT e a ABI Research, uma empresa especializada em mercados globais de tecnologia. O índice poderá ser utilizado para medir o nível de capacidade e desenvolvimento da segurança cibernética de cada país.

Telecom também discutiu modos de proteger as crianças no mundo online e deu prosseguimento às questões debatidas na Cúpula Mundial da Juventude, realizada em setembro na Costa Rica. O objetivo da discussão foi criar maneiras de informar aos jovens o tipo de comportamento a ser adotado na internet que não comprometa a sua segurança.

A primeira dama da Nigéria, Patience Jonathan, campeã da iniciativa Proteção Infantil Online da UIT, fez um pedido durante o evento. Ela pediu que aqueles que trabalham na área melhorem os recursos educativos e forneçam recursos materiais para facilitar a discussão com criadores de conteúdo digital. O objetivo deste pedido é assegurar que os direitos de liberdade de expressão, de associação e de privacidade online sejam respeitados, além de possibilitar o estabelecimento de políticas eficazes que protejam o uso de dados confidenciais e a propriedade intelectual, impedindo atividades criminosas online.