Foto ONU

Foto ONU

Rio de Janeiro, Brasil.- O Relatório Estatístico Anual sobre as atividades de aquisições das Nações Unidas correspondente a 2012, que o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) coleta em nome do Sistema ONU, mostra que as somas mais importantes se destinaram a produtos farmacêuticos, equipamento médico, alimentos, transporte e construção.

Cabe assinalar que a informação foi traduzida e divulgada nas ultimas horas, em nota da ONU Brasil.

As aquisições de bens e serviços por parte da ONU chegaram a 15,4 bilhões de dólares em 2012. A cifra de 2012 representa 1,1 bilhão de dólares a mais que a do ano anterior, resultado de informes mais abrangentes.

Os dados de 2012 mostram um contínuo aumento nas aquisições da ONU procedentes de países em desenvolvimento e países com economias em transição – que representam agora 62% do total de aquisições, quase 10% das quais da América Latina e do Caribe. No entanto, as aquisições da ONU nos países da América Latina e do Caribe experimentaram uma diminuição de 1% em relação a 2011, passando de 1,52 bilhão de dólares a 1,41 bilhão de dólares.

Entre os dez maiores provedores da ONU em 2012, figuram cinco países em desenvolvimento e com econômicas em transição: Afeganistão, Índia, Quênia, Rússia e Sudão. As maiores contribuições foram dos Estados Unidos, com 1,49 bilhão de dólares, seguidos da Índia, com 875,3 milhões de dólares e do Afeganistão com 692,5 milhões de dólares.

A Argentina e o Brasil se encontram entre os principais países em desenvolvimento e com economias em transição provedores da ONU em 2012, fornecendo suprimentos no valor de 327 milhões de dólares e 203,9 milhões de dólares, respectivamente. No top 20 de países em desenvolvimento e com economias em transição provedores da ONU, destacam-se também o Panamá, com 166 milhões de dólares, e o Peru, com 126 milhões de dólares.

Os organismos que mais realizaram aquisições foram o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Divisão de Aquisições das Nações Unidas, o Programa Mundial de Alimentos (PMA), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o UNOPS, em ordem descendente.

O informe apresenta dados e análises sobre os bens e serviços adquiridos pelo Sistema ONU para apoiar suas operações e proporciona informação-chave para as entidades do Sistema ONU, governos, fornecedores, doadores e do setor acadêmico. Inclui dados sobre as aquisições por país fornecedor, uma análise de tendência das aquisições procedentes de países em desenvolvimento e países com economias de transição, assim como informação sobre as aquisições procedentes dos membros do Comitê de Assistência para o Desenvolvimento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O informe também disponibiliza dados sobre os fornecedores que se uniram ao Pacto Global, o qual promove a responsabilidade social corporativa, particularmente em matéria de direitos humanos, trabalho descente, meio ambiente e anticorrupção.

Suplemento temático sobre aquisições sustentáveis

O informe inclui, ainda, um suplemento temático sobre um assunto fundamental no âmbito das aquisições: o equilíbrio das considerações sociais, ambientais e econômicas nas aquisições, uma prática que frequentemente é descrita como aquisições sustentáveis.

Dentro do contexto do esforço mundial para promover pautas de consumo e produção sustentáveis e alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), o suplemento proporciona uma visão geral dos benefícios e desafios ligados à adoção de aquisições sustentáveis. Contém diversos artigos e casos práticos do setor acadêmico, dos setores público e privado e da ONU.

Mais informações – Original em inglês