Após a decisão histórica do Conselho de Segurança da ONU sobre as armas químicas da Síria, uma equipe de inspeção da OPAQ se prepara para embarcar para a Síria, na segunda-feira (30). Foto: OPAQ. Foto: ONU (arquivo)

Após a decisão histórica do Conselho de Segurança da ONU sobre as armas químicas da Síria, uma equipe de inspeção da OPAQ se prepara para embarcar para a Síria, na segunda-feira (30). Foto: OPAQ. Foto: ONU (arquivo)

Rio de Janeiro, Brasil.- A equipe conjunta das Nações Unidas e os inspetores internacionais começaram neste domingo (6) a supervisionar o processo de desmantelamento e destruição de programa de produção de armas químicas da Síria.

A equipe supervisionou funcionários do governo sírio responsáveis por destruir ou desativar uma variedade de itens, incluindo ogivas de mísseis, bombas aéreas e outros equipamentos, segundo um comunicado da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ).

Inspetores internacionais da OPAQ apoiados por uma equipe da ONU estão monitorando e relatando o cumprimento de exigências internacionais para a destruição de arsenais de armas químicas e instalações de produção por parte da Síria.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução em setembro pedindo a rápida implementação de procedimentos elaborado pela OPAQ “para a destruição rápida do programa de armas químicas da República da Síria e verificação rigorosa dos mesmos”.

No texto, o Conselho composto por 15 membros ressaltou “que nenhuma parte da Síria deve usar, desenvolver, produzir, adquirir, armazenar, conservar ou transferir armas químicas.”

A OPAQ e a ONU afirmaram que, em discussão com as autoridades, a equipe destacou que “o ônus de cumprir os prazos de verificação e de distribuição era do Governo sírio”, com o apoio técnico da missão conjunta para cumprir essas obrigações.

O processo de destruição continuará nos próximos dias, disse a organização. O diretor da OPAQ, Ahmet Üzümcü, fará um informe aos Estados-membros da organização na terça-feira (8), mesmo dia em que vai participar de uma reunião sobre o tema no Conselho Executivo da OPAQ.