Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. Foto: ONU/Evan Schneider

Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. Foto: ONU/Evan Schneider

Rio de Janeiro, Brasil.- O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou nesta segunda-feira (15) o atentado na Maratona de Boston, classificando-a como uma “violência sem sentido” e “apavorante”, lembrando que os ataques ocorrem em um evento famoso por reunir pessoas de todo o mundo num espírito de “esportividade e harmonia”.

Falando em uma cerimônia na sede da ONU em Nova York, comemorando o 19º aniversário do genocídio de Ruanda, Ban Ki-moon lamentou os mortos e feridos, expressando suas condolências às famílias das vítimas e desejando uma rápida recuperação aos feridos. “Por agora, eu gostaria de dizer que os meus pensamentos estão com todos em Boston.”

Segundo relatos da imprensa, as explosões durante o conhecido evento — e ainda sem seus autores identificados — deixou 3 mortos e pelo menos 130 feridos, muitos gravemente. As explosões teria causado inclusive amputações em alguns deles.

Cabe assinalar que a informação foi traduzida e divulgada pela ONU Brasil, no dia 16 de abril.