B6 Foto ONU Brasil -       -Rio de Janeiro, Brasil.- O Serviço de Ação de Minas da ONU (UNMASestá expandindo suas operações no Afeganistão, República Democrática do Congo (RDC), Líbia, Somália e Sudão do Sul graças a uma contribuição de 18 milhões de dólares do Governo do Japão.

O apoio do Japão vai salvar vidas, aumentar a estabilidade e, o mais importante, levar esperança para as populações que viveram com o medo há muitos anos”, afirmou o Chefe de Operações da UNMAS, Paul Heslop.

Cabe assinalar que, a informação foi tradizida e divulgada pela ONU Brasil no dia 20 de março.

A agência da ONU vai dividir os recursos entre seus programas em cinco países, onde as minas e explosivos terrestres remanescentes de guerras ainda são uma ameaça para a população local.

No Afeganistão, por exemplo, uma média de 42 civis morreram ou ficaram feridos por mês em acidentes provocados por essas minas nos últimos dois anos. O país continua sendo um dos países com mais minas no mundo.